Poderia sua velha mobília ser uma matadora de produtividade?

Desde uma dor nas costas, desconforto nos olhos, lesões no braço e

ombro, um mau projeto ergonômico traz desastre para a

produtividade. O desconforto é perturbador, mas empregados livres de

dor podem focar completamente no trabalho – e isso é bom para o

negócio. Garanta que suas mesas não interfiram escolhendo uma com

um bom desenho ergométrico.

 

ERGONOMIA BÁSICA

Um ambiente ergonômico em ótimas condições no escritório depende

amplamente da seleção da cadeira, mas as escrivaninhas são também

muito importantes. Uma organização ideal produz “tantos ângulos de

90 graus possível” para o corpo do usuário, explica Daniel Freeberg,

Sênior Sales Associate para a Human Slution, de um escritório de

vendas de mobília. Porque quadris, joelhos e cotovelos devem todos

estar no ângulo correto para um ótimo conforto, ambos a cadeira e a

escrivaninha devem ser ajustadas na altura correta para o usuário e ter

a proximidade correta de cada um. “Para seu pescoço, você deve estar

olhando para a terça parte superior da tela de seu computador,”

acrescenta Freeberg.

Mas sentar-se confortavelmente é apenas metade da batalha. Você

pode ir além no suporte à saúde de seu trabalhador especificando

escrivaninhas para sentar e levantar, mesas com altura ajustáveis que

permitam ao usuário mudar entre sentar e levantar ao longo do dia.

“Muitos estudos mostram os benefícios para a saúde em se mover no

curso do dia”, explica Mitch Bakker, um desenhista de móveis para Ida

Design e colaborador frequente com o vendedor de móveis Gunlocke.

“Ficar de pé por um período de tempo é parte de uma completa

abordagem para trabalhar ergonomicamente.

 

COMO ESCOLLHER A ESCRIVANINHA CERTA

Quando você está avaliando suas opções para novos móveis, não

negligencie essas três áreas.

Otimização: “Ter móveis que permitam ajustes apropriados não

significa que os ajustes estejam corretamente organizados,” nota

Bakker. “Estudos independentes demonstraram que a maioria dos

trabalhadores de escritório sentam-se em produtos que podem suprir

ótimas condições ergonômicas, mas não são ajustáveis propriamente,

tendo um efeito adverso ao usuário. Entender a relação entre o

usuário, seus tamanhos e suas cargas de trabalho e os ambientes é

crucial para diminuir ou eliminar risco. Fornecer ajustes pode ser mais

prejudicial ao usuário quando não lhes são dadas instruções sobre

como adaptar os móveis ao seu gosto.

Mecanismo de ajuste: Escrivaninhas que podem ser ajustadas pelo

usuário ao invés do departamento de serviço são ideais porque

permitem que cada pessoa escolha quando trocar os modos, diz

Jennifer Wammack, uma desenhista da Ida Design.

“Dentro das opções controladas pelo usuário, mecanismos elétricos

parecem estar se distanciando das outras opções como uma manivela

ou um elevador pneumático” adiciona Wammack. “Mecanismos

elétricos também tem adicionado características tais como as

predefinidas que um ocupante pode programar para suas necessidades

ergonômicas. Ajustes pré-estabelecidos são um modo de voltar a

atenção para o potencial em causar lesões provenientes de ajustes

impróprios.

Acessórios móveis: Se sua escrivaninha de sentar e levantar não está de

acordo com o seu orçamento agora, considere levantar somente uma

parte da sua superfície, ou com acessórios ajustáveis ou uma

escrivaninha de altura fixa com uma bandeja de altura ajustável.

“Se você quer ter espaço para seu mouse, teclado e possivelmente um

tablete”, explica Freeberg. “Ergonomicamente, laptops são terríveis

para você porque eles têm uma altura que é geralmente muito baixa e o

teclado fica normalmente acoplado ao monitor, o que é muito longe.

Você o quer em seu colo quando digitando. Procure por um suporte

para tablete ou para laptop”. Um braço monitor que permita 7 – 12 cm de ajuste de altura te prevenirá de desconforto nos olhos, acrescenta Bakker.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *